Dar

Tempo

Controlo de Invasoras na Mata da Machada
Numa manhã de Domingo, onde o sol e o espirito de grupo estiveram sempre presentes, foram cerca de 100 participantes que se juntaram para Dar de Volta à Natureza, nesta que foi a segunda ação da iniciativa.

Objetivo

75

/

75

Inscrições

Mata da Machada

28 de julho de 2019
10:00

-

13:00

Partilha:

No dia 28 de Julho, a iniciativa tinha como objetivo a proteção da biodiversidade e diminuição do risco de incêndios. Para isso, realizou-se uma limpeza na Mata da Machada, assente no controlo de espécies invasoras como as Acácias.

Nesta manhã de sol de Domingo, quando ainda não estavam presentes todos os voluntários, chegou uma ajuda muito especial: a Escola de Fuzileiros. Mais de 40 alunos desta escola, caminhando pela floresta, estavam prontos para uma participação coletiva, ajudando os restantes participantes a Dar de Volta à Natureza. Com o apoio da Quercus e no âmbito do projeto Biodiscoveries, foi explicado a todos os participantes o porquê desta intervenção e qual a forma mais segura e eficaz de a realizar: com um instrumento cortante, fazer um corte no perímetro do tronco da Acácia. Cortes esse paralelos à altura da Acácia, para depois se arrancar a casca e assim ter a intervenção feita: um tronco limpo, uma árvore descascada. Esta intervenção é precisa de modo a que os nutrientes que descem da copa das Acácias pela casca da planta, não cheguem à sua raiz. Realiza-se este tipo de intervenção em vez de cortar a Acácia, pois se as cortarmos, estas geram mais troncos à sua volta e consequentemente florescem com mais vigor. Assim, com a intervenção no tronco, as Acácias não ganham força por falta de nutrientes, e protege-se a área em seu redor.

A consciencialização para os problemas resultantes de espécies invasoras é determinante para a proteção da biodiversidade. Por outro lado, este tipo de iniciativas permite a criação de laços entre voluntários e área protegida, que se prolongam no tempo. Laços esses que concretizam objetivos, cobrindo desta vez uma área superior a 4000 m2 e controlando mais de 700 Acácias: protegeu-se a biodiversidade, diminui-se o risco de incêndios, deu-se de Volta à Natureza.

GALERIA

Image

Em parceria com

Anterior

X